Publicidade
Publicidade

Bicicletada de pai e filho

Facebooktwittergoogle_pluspinterestlinkedintumblrmail
bici-julho_(14)-624x832
“O que fez dessa edição a mais especial de todas foi o fato de poder pedalar ao lado do meu pai”.

O clima espantou muita gente, mas não impediu a realização da tradicional Bicicletada, no último sábado (30), em Curitiba. A manifestação, que ocorre simultaneamente em mais de 200 cidades ao redor do mundo, contou com a participação de 20 “guerreiros”, que não fizeram feio e levaram adiante a mensagem de que a bicicleta é uma ferramenta para fazer das cidades um lugar melhor – faça chuva ou faça sol, faça frio ou calor.

Apesar do quórum abaixo da média– as Bicicletadas costumam reunir centenas de participantes a cada edição – pode-se dizer que o encontro foi completo. Não faltaram as tradicionais palavras de ordem, músicas e muita alegria.

Até o cantor Plá apareceu e tocou no seu violão a música “Pra andar de Bicicleta tem que ter moral”, que já é quase um hino da Bicicletada curitibana.

Mas para mim, particularmente, o que fez dessa edição a mais especial de todas foi o fato de poder pedalar ao lado do meu pai. Ele, que completará 60 anos no próximo dia 19, por influência sabe-se lá de quem, comprou uma bicicleta, voltou a pedalar e adotou como hobby restaurar bicicletas antigas.

Aliás, a bicicleta que pedalei no fim de semana foi uma das quatro da “frota de antigas” dele: uma Caloi Barraforte 1976, vermelha, que ele encontrou abandonada em um galpão na fazenda de um amigo e pegou para restaurar. Hoje a magrela parece que acabou de sair da fábrica.

A bike dele, uma Free Spirit inglesa (modelo indiano), ano 1983, também foi um achado. Ao ver a bicicleta presa em um poste ele se apaixonou a ponto de ficar esperando o dono aparecer para fazer uma oferta. Fechou negócio ali mesmo, na rua, e ficou com a bike, eleita por ele “a preferida”.

Mas emocionante mesmo foi vê-lo gritando “Menos carros, mais bicicletas”, “Menos gasolina, mais adrenalina” e provando, por A mais B que…“pra andar de bicicleta, tem que ter moral, tem que ter moral…”.

Para ver mais fotos da última bicicletada, clique aqui

Ouça a música do Plá

Publicidade

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *